Formação e ética em pesquisa serão destaque na Semana Científica do UNIFSA

04 set


A SEMANA CIENTÍFICA do Centro Universitário Santo Agostinho, um dos maiores eventos científicos do Estado do Piauí, iniciou no ano de 2002, quando ainda se chamava Faculdade Santo Agostinho e somava apenas quatro anos de existência na sociedade piauiense. De lá para cá, reuniu diversos pesquisadores de todo o Estado para apresentação de trabalhos, pesquisas, mostras de iniciação científica, de extensão e relatos de experiência, somando por volta de 3 mil trabalhos apresentados ao longo de todas as suas edições. Esse ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, o evento será virtual e não disponibilizará a apresentação de trabalhos, no entanto, cumprindo com seu objetivo desde a primeira edição – o de fomentar o conhecimento científico – oferecerá uma programação especial voltada para a formação acadêmica, da qual faz parte a ética na pesquisa.

Profa. Dra. Liana Dantas da Costa e Silva Barbosa

A coordenadora do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do UNIFSA, a Profa. Dra. Liana Dantas da Costa e Silva Barbosa, explica que a XVIII SEMANA CIENTÍFICA (SEC) 2020 será realizada com um novo formato e estará direcionada para formação e atualização dos participantes. “Serão vários momentos com discussões e qualificações. Um deles será o Momento Formação, com o intuito de qualificar os participantes acerca do universo da pesquisa, tendo por base as exigências e obrigatoriedades da Plataforma Brasil e os regulamentos que regem pesquisas com seres humanos no País. Esse momento auxiliará na elaboração de projetos de pesquisa e no entendimento de como é produzida o conhecimento científico, conforme os critérios técnicos e éticos”.

Profa. Ma. Karoline Costa e Silva

A Profa. Ma. Karoline Costa e Silva, vice- coordenadora do CEP/UNIFSA, esclarece que os Comitês são responsáveis pela avaliação ética dos projetos de pesquisa e também têm como uma das funções informar e educar seus membros e toda a comunidade sobre a importância do rigor científico nas pesquisas. “Esse espaço para a formação durante a Semana Científica é muito importante pois permite tanto aos pesquisadores, como à comunidade em geral, o amplo conhecimento dos protocolos que envolvem as pesquisas com seres-humanos”. Principalmente no momento atual, em que a ciência busca mais explicações sobre o novo coronavírus com pesquisas produzidas no mundo inteiro e que demonstram a seriedade que deve ser adotada para que sejam validadas por periódicos conceituados. Pois mesmo em face da maior pandemia das últimas décadas, os critérios éticos não podem ser negligenciados, nem em razão do tempo e nem dos prejuízos que vem causando – assim pontua a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Na programação serão oferecidas quatro oficinas em dois dias diferentes, a fim de que o participante possa integrar os dois momentos. “As temáticas a serem discutidas nas oficinas serão variadas como a ‘Plataforma Brasil: por dentro do sistema de regulação de pesquisa com seres humanos no País’; ‘Termo de Consentimento Livre e Esclarecido: entendendo e desvendando o TCLE’; ‘Documentos Obrigatórios em Protocolos em Pesquisa com Seres Humanos no Brasil’ e ‘Submissão, Apreciação e Procedimentos da Plataforma Brasil: compreendendo o passo a passo’. São temas de extrema importância para os pesquisadores e que pela complexidade exigem atenção, por isso mesmo sem a apresentação dos trabalhos, tivemos a preocupação em oferecer essa formação valiosa para quem for participar”, encerra.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Quer falar com o UNIFSA? Comece aqui