Confira como foi o primeiro dia da II Jornada Acadêmica de Odontologia do UNIFSA

23 out


Iniciou na manhã de hoje, 23 de outubro, a II Jornada Acadêmica de Odontologia do Centro Universitário Santo Agostinho “A Odontologia Multidisciplinar: Ciência e Arte na era da Tecnologia”. A abertura foi realizada pelo pró-reitor Administrativo Dr. Átila de Melo Lira e pela coordenadora em exercício do curso de Odontologia Ma. Celbe Patrícia Porfírio Franco Silva.

Os dois ressaltaram a importância desse tipo de evento para a comunidade acadêmica, sobretudo em um período em que a pesquisa científica aponta os caminhos para o avanço da ciência e para o desenvolvimento de tratamentos mais eficazes. Na sua segunda edição, o evento traz uma programação diversificada a fim de cumprir com o objetivo principal: abordar e discutir o papel do Odontologia na contemporaneidade.

Professor Dr. Patrick Quelemes no Momento Cultura da II JAO

Em seguida, foi realizado o momento cultural, onde foram exibidos vídeos enviados pelos participantes desempenhando alguma espécie de talento ou com uma mensagem especial, com o intuito de socializar e enaltecer habilidades e sensibilidades.

Depois tiveram início as palestras da manhã, a primeira delas “O que a tecnologia pode auxiliar na Endodontia” foi conduzida pelo Prof. Esp. Fábio Rodrigues Teixeira, direto do Estado de Minas Gerais. Ele falou um pouco sobre as transformações vivenciadas pelos tratamentos endodônticos nas últimas décadas, que ganhou reforço com os localizadores apicais eletrônicos, ultrassom, instrumentos rotatórios e microscópios clínicos odontológico.

“O dentista deve olhar essas inovações como importantes aliadas que necessitam de um investimento financeiro, não um gasto. Também precisam ter a clareza da importância de conhecimento técnico e muito estudo”, explica.

Logo após, os professores Me. Alex Paulo Sérvio de Sousa e Esp. Juliana Rocha e Silva Sérvio apresentaram a palestra sobre “Ortodontia e Reabilitação Oral: por onde devo começar?”. O título do momento, que na verdade traz uma indagação, serviu de mote para que os palestrantes iniciassem com relatos pessoais de como começaram suas trajetórias nesse ramo da Odontologia.

O casal de professores Me. Alex Paulo Sérvio e Esp. Juliana Sérvio na palestra Ortodontia e Reabilitação Oral: por onde devo começar?

“Nós temos que ter o entendimento de que o ortodontista é o reabilitador de dentes, que realiza o manejo para atingir o equilíbrio do caso. Sei que têm muitos profissionais super especialistas, que têm um foco muito específico e isso é importante, mas não deve perder a visão do todo. Quem se propõe a trabalhar como reabilitador precisa desenvolver uma visão mais ampla do horizonte, tem que ser capaz de enxergar o caso clínico na sua complexidade geral, tem que dominar várias áreas da Odontologia para oferecer um plano de tratamento adequado, utilizando todas as ferramentas disponíveis”, esclarece o professor Me. Alex Paulo.

O início da tarde foi iniciado com a PALESTRA 3: “Planejamento restaurador com resinas e cerâmicas”, ministrada pelo Dr Rafael Calixto, de São Paulo. Ele tem vasta experiência e uma carreira de mais de 17 anos e, hoje, atua no mercado como palestrante e faz atendimentos em consultório clínico em São Paulo e Teresina.

Ele falou sobre as questões estéticas que estão em grande evidência no meio artístico, onde as pessoas tem aderido ao uso de lentes de contato nos dentes. Ele ainda lembrou, aos mais de 130 participantes, que é necessário ter o senso de ética dentro do consultório.

“São questões estéticas, onde os dentes ficam extremamente com coloração branca. O bom profissional deve se manter na ética e trabalhar com o aspecto da naturalidade”, explicou Rafael.

Também na tarde do primeiro dia aconteceu a mesa redonda virtual: “Conhecimentos odontológicos: construção e perspectiva da ascensão da tecnologia no consultório”, ministrada pelos professores do curso de Odontologia do Unifsa Profa. Ma. Celbe Patrícia Porfírio Franco Silva, Prof. Dr. Patrick Veras Quelemes, Profa. Dra. Maria do Amparo Veloso Magalhães e Profa. Dra. Egídia Maria Moura de Paulo Martins Vieira.

Fechando o dia os participantes puderam aprender mais sobre “Boas práticas em Biossegurança em um contexto pós-covid”, ministrada dentista da Fundação Municipal de Saúde de Teresina, Ma. Marina Lua Vieira de Abreu Costa. Ela falou sobre os protocolos adotados pelas instituições para priorizar ainda

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Quer falar com o UNIFSA? Comece aqui